Square news

Método Rolf é um grande aliado no tratamento da dor lombar

por LifeSquare |

Segundo pesquisas, a dor lombar, principal causa de incapacidade no mundo, vem sendo tratada de maneira inadequada. Na maioria dos casos, analgésicos, exames de imagem e cirurgias não são o ideal para aliviar o problema de acordo com pesquisadores.

Além disso, os estudos ainda apontam que os indivíduos que são afastados do trabalho, aconselhados a repousarem e se manterem menos ativos têm pior evolução. (Buchbinder, Costa et al, 2018)


A fisioterapia é essencial no tratamento da dor lombar, educando o paciente para que ele entenda que este tipo de dor é um sinal de que algo na estrutura corporal não está funcionando bem. Após uma avaliação estrutural e funcional pode ser possível identificar a causa da dor. O Método Rolf ajuda neste tratamento, porque tem como um de seus princípios um melhor alinhamento das estruturas corporais e, a partir disso, estimular o movimento adequado.


Dicas para evitar a dor lombar


- Mantenha-se ativo;

- Evite ficar muito tempo numa mesma posição.  Se você trabalha sentado, por exemplo, procure levantar e caminhar algumas vezes ao longo do dia.


Saiba mais sobre o método Rolf

Os maus hábitos posturais e a realização de movimentos incorretos podem levar ao desalinhamento das estruturas corporais. Se imaginarmos o corpo como caixas empilhadas umas sobre as outras, essas caixas deveriam se sobrepor de maneira alinhada para que a nossa estrutura se mantivesse mais estável. A desorganização dessas caixas (segmentos corporais) é responsável pelo aparecimento de dores crônicas, desconfortos e lesões.


Além do alinhamento, o método Rolf busca a integração de todas as partes do corpo, obtendo assim, movimentos mais dinâmicos e saudáveis.


O método Rolf pode ser indicado para o alívio de dores posturais, como parte do tratamento de lesões ortopédicas e/ou provenientes da prática esportiva, bem como auxiliar na reabilitação pós-cirúrgica, já que favorece a reorganização dos tecidos lesionados e das disfunções provenientes dessa desorganização.

 

Texto por Maíra Roveratti, fisioterapeuta da LifeSquare